News

Amazon vai pagar bônus a funcionários após ameaça de greve

A Amazon anunciou que pagará um bônus especial aos funcionários da linha de frente durante o mês de dezembro. A informação foi revelada logo após colaboradores de diversos países ameaçarem realizar uma grande greve durante a Black Friday.

Segundo Dave Clark, chefe de operações do grupo de comércio eletrônico, serão gastos cerca de US$ 500 milhões em incentivos. No entanto, o aumento salarial só será pago em janeiro de 2021.

Funcionários dos armazéns serão contemplados com o bônus.Funcionários dos armazéns serão contemplados com o bônus.Fonte:  AP Photo/Ben Margot 

Ainda de acordo com Clark, os funcionários em tempo integral da Amazon nos Estados Unidos receberão uma bonificação de US$ 300 no mês de dezembro. Enquanto isso, os colaboradores de meio período ganharão US$ 150 de recompensa.

Tal benefício se aplica aos trabalhadores dos armazéns e aos motoristas contratados pela companhia. Enquanto isso, os entregadores do aplicativo Amazon Flex, vão receber um bônus de US$ 100 se trabalharem ao menos 20 horas no mês de dezembro.

“Globalmente, isso eleva o total gasto em bonificações e incentivos especiais para nossas equipes a mais de US$ 2,5 bilhões em 2020”, destaca o executivo em nota para imprensa.

Anteriormente, sindicatos indicaram a possibilidade de greve em 15 países.Anteriormente, sindicatos indicaram a possibilidade de greve em 15 países.Fonte:  Krisztian Bocsi/Bloomberg News 

Bônus justo para os colaboradores

Analistas apontam que as receitas da Amazon devem ultrapassar US$ 100 bilhões no último trimestre de 2020. Apenas durante a Black Friday, as projeções indicam que os consumidores norte-americanos gastarão mais de US$ 10 bilhões.

Contudo, a ação de bonificação dos funcionários só foi revelada após a movimentação de dezenas de sindicatos. Por exemplo, o UNI Global Union informou a possibilidade de greves em pelo menos 15 países, incluindo os EUA, o Reino Unido e a Alemanha.

Em destaque, o grupo de funcionários reivindica melhores remunerações e condições de trabalho – principalmente durante a pandemia de covid-19. Por fim, eles também exigem que a companhia reduza o impacto ambiental e pague por mais impostos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.