News

Trump pondera avançar com pedidos de indulto para três filhos e advogado, revela “The New York Times”

O Presidente dos EUA ainda em funções até 20 de janeiro está a discutir com os seus conselheiros a hipótese de conceder perdões antecipados para os três filhos mais velhos: Donald Trump Jr, Eric e Ivanka Trump. A informação é avançada pelo “The New York Times” (NYT) e os indultos podem ser extensíveis também ao genro, bem como ao advogado pessoal e “escudeiro” Rudy Giuliani.

O NYT escreve igualmente que Trump já terá falado, na semana passada, com Giuliani sobre a possibilidade de lhe atribuir um perdão. O advogado negou a informação no Twitter, que apelida de “fake news”: “O NYT mentiu outra vez. Nunca tive a conversa que atribuem falsamente a uma fonte anónima. É complicado manter-me atualizado de todas as mentiras deles”.

De acordo com o mesmo artigo, Trump receia que, após a transição presidencial, quando Joe Biden já ocupar a Casa Branca, o Departamento de Justiça procure “retaliar” e “vingar-se” contra ele, a sua família e o seu núcleo duro.

Trump Jr. foi alvo de uma investigação, por alegados contactos com agentes secretos russos, que teriam passado informações que prejudicaram a campanha de Hillary Clinton. Uma acusação formal nunca chegou a ser apresentada.

A preocupação de Donald Trump com os outros dois filhos, Eric e Ivanka, não é tão clara, embora possa estar relacionada com deduções fiscais no valor de milhões de dólares das quais a Trump Organization e Ivanka podem ter beneficiado.

Já Rudy Giuliani foi alvo de uma investigação por suspeita de negócios na Ucrânia e pelo seu papel no afastamento da embaixadora norte-americana naquele país do leste europeu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.